Um desfile em prédio centenário para lançar edição comemorativa

27/03/2019

O Festimalha chega a sua 30ª edição tricotando histórias. A maior feira de malha tricot do país se prepara para lançar uma edição comemorativa, antecipando a Coleção Outono Inverno 2019 para um seleto grupo de convidados. O palco do desfile preview é o Wazlawick Armazém, Gastronomia e Cultura, prédio construído em 1911, que já abrigou salão de baile, igreja, hospital e um armazém. O encontro será dia 3 de abril, reunindo expositores, autoridades, influenciadores e imprensa estadual.

O local escolhido para o lançamento guarda memórias da cultura típica alemã. A construção já abrigou salão de baile, igreja, hospital e um armazém. A nostalgia e o charme da decoração temática com móveis, balcões, utensílios e fotos da história da família, formam o ambiente perfeito para envolver os convidados no clima do evento e na cultura germânica que predomina no município. O público presente conhecerá, em primeira mão, as novidades que estão sendo idealizadas para atrair os cerca de 80 mil visitantes esperados para a edição. Mas a grande atração fica por conta do desfile preview Festimalha 2019, que trará modelos adultos e infantis exibindo na passarela a diversidade das malhas, com looks para todas as idades e estilos.

O lançamento, a um mês da feira, marca o início da contagem regressiva do Festimalha, que este ano acontece de 1º de maio a 9 de junho, no Centro de Eventos de Nova Petrópolis, de quintas a domingos. O resultado de meses de muito trabalho e pesquisa será apresentado num desfile de muitas cores, modelagens e texturas. “Cada peça tricotada em Nova Petrópolis é fruto de muita investigação, ensaios e experiências. Acompanhamos as tendências do mundo da moda, absorvemos e aplicamos à nossa realidade de mercado, levando em consideração o comportamento do consumidor brasileiro”, destaca o diretor do Departamento de Malharias da Associação Comercial e Industrial de Nova Petrópolis (ACINP) – entidade promotora -, Márcio Kny.

Ele explica ainda que o grande diferencial da malha de Nova Petrópolis é o design próprio e a vocação das malharias da cidade que por gerações mantêm a cultura da malha tricot nas famílias. “A nossa malha veste o Brasil e alimenta um setor produtivo e cultural que hoje sustenta mais de 1.800 famílias. Nossas peças são únicas, exclusivas e carregam a expertise que há 30 anos aquece crianças, jovens e adultos”, ressalta. Hoje, para cada 391 nova-petropolitanos existe uma malharia.

O presidente da ACINP, Marcos Alexandre Streck, salienta a importância do evento para a cidade. “O Festimalha é a maior feira da cidade. Há 30 anos, o evento coloca nossa malha na vitrine nacional, impulsionando as vendas das nossas malharias, mas também movimenta a economia do trade turístico. Hotéis, restaurantes e comércio em geral ganham com o evento que atrai milhares de visitantes”, afirma. A expectativa dos organizadores é receber quatro vezes a população da cidade. A feira reunirá 66 expositores, sendo 47 malharias, 13 pontos gastronômicos e seis pontos de acessórios.

Compartilhe esta notícia:

NOTÍCIAS RELACIONADAS