Frei Jaime Bettega e a realização do ser humano na Jornada da Qualidade

16/08/2018

A oitava edição da Jornada Regional da Qualidade abre espaço, na última noite do evento, para debater o profissional como ser humano integral com a participação do Frei Jaime Bettega, personalidade já reconhecida na região e que trará a palestra “Transformação humana: a arte de lidar com pessoas”. Agendada para os dias 27, 28 e 29 de agosto, a Jornada contará com uma diversificada programação, com 10 salas temáticas nas duas primeiras noites, realizadas nas salas da Faculdade CNEC Nova Petrópolis, e a última noite com a palestra master do Frei Bettega, no Auditório do Centro de Eventos.

Natural de Caxias do Sul, Bettega é frei Capuchinho com formação em Filosofia, Teologia e Administração de Empresas, pós-graduação em Gestão de Pessoas, e mestrado em Administração. É comunicador, apresentador de rádio, escritor, professor e gestor de projetos sociais, fundador do Projeto Mão Amiga, que auxilia crianças carentes, de zero a quatro anos. Em sua palestra, Frei Jaime aborda a realização pessoal e profissional e como eles se encaixam no propósito de vida, família, sucesso e sonhos dos indivíduos.

O evento, que este ano traz como tema “Transformações no mundo dos negócios: estamos preparados?”, já conta com algumas palestras esgotadas. Inscrições pelo site do evento ou na ACINP e Faculdade CNEC. Os conteúdos completos e informações adicionais podem ser encontrados no site www.jornada2018.com ou pelos fones (54) 3281.1755/ 3281.3750.

Confira abaixo a entrevista realizada com o Frei Jaime Bettega, com um pouco do que será abordado na palestra que acontece na última noite do evento:

1) Mais do que somente trabalhar em troca de retorno financeiro, as pessoas hoje buscam um propósito para o que realizam. Essa é uma “tendência” relacionada às novas gerações?

Frei Jaime: As novas gerações ampliaram os objetivos profissionais. Além de garantir o sustento, buscam viver com significado, estão abertos às novas experiências, são mais leves e, evidentemente, mais imediatistas. O dinheiro é uma das buscas, mas talvez não seja a mais relevante. A realização está acima do acúmulo de bens materiais.

 

2) Cada vez mais, as pessoas buscam no trabalho também a felicidade. Como é possível conciliar expectativas do funcionário e do empregador?

Frei Jaime: Contratar pessoas felizes é o desejo de todo empregador. Oferecer um ambiente capaz de proporcionar a felicidade é uma tarefa imprescindível. O enfoque excessivamente produtivo e de retorno financeiro deve ceder espaço para que o funcionário seja plenamente humano no local de trabalho. Como ser feliz sem a oportunidade de expressar afeto ou de vivenciar a espontaneidade? A pessoa integral deve ser contratada, com seus sentimentos, realizações, alegrias e também dificuldades. O local de trabalho pode e deve proporcionar crescimento e realização.

 

3) Como a realização profissional interfere na vida pessoal, e vice versa?

Frei Jaime: Impossível separar a profissão da vida. O fazer, enquanto profissional, é uma extensão do próprio ser. A vida pessoal não pode ser impedida de entrar no local de trabalho, assim como a profissão não pode ser barrada na porta da casa. O ser humano é um todo, pessoalmente e profissionalmente. Dificilmente alguém será feliz enquanto ser humano e infeliz, o tempo todo, enquanto profissional. Não são duas personalidades distintas: a pessoa e a profissão. A dicotomia não unifica, não permite a comunhão entre os objetivos pessoais e profissionais.

 

4) Com as redes sociais, a pressão pela “vida perfeita” tem sido cada vez mais constante. O que define o que é “sucesso” na vida?

Frei Jaime: O mundo acontece a partir da exterioridade. As redes sociais simplesmente traduzem o que a sociedade de consumo apresenta. A superficialidade carrega consigo a fragilidade. O excesso de exposição nem sempre garante uma sintonia entre a aparência e a interioridade. Impossível ser feliz 24 horas por dia. A tristeza sempre acompanhou a história da humanidade. Os momentos de tristezas permitem a multiplicação e a plenificação da felicidade. O sucesso é passageiro, meteórico. A realização humana é maior do que o sucesso. O reconhecimento público, as conquistas materiais e a aparência podem ser simplesmente passageiros. Nem todas as pessoas de sucesso, conforme compreensão social, são felizes. O maior sucesso é ser simples e humilde.  

 

Sobre a Jornada Regional da Qualidade

Resultado da parceria entre duas entidades referências, Associação Comercial e Industrial de Nova Petrópolis - ACINP e Faculdade CNEC Nova Petrópolis, a Jornada Regional da Qualidade chega a sua 8ª edição. O evento nasceu da união do Seminário Dia da Qualidade de Nova Petrópolis e a Semana Acadêmica da FACENP.

Caracterizada pela qualidade da programação, com conteúdos que buscam alinhar interesses do empresariado, universitários e comunidade regional, o evento levanta temas atuais e discussões relevantes para os públicos envolvidos.

A 8ª Jornada Regional da Qualidade é uma promoção do Departamento de Desenvolvimento Empresarial da Associação Comercial e Industrial de Nova Petrópolis – ACINP e Faculdade CNEC de Nova Petrópolis, com apoio de seu Diretório Acadêmico e a Alfa Consultoria Jr. O evento tem patrocínio de Sicredi e Sugar Shoes, e apoio da Gula Alimentos e Padaria Petrópolis.

 

PROGRAMAÇÃO:

8ª JORNADA REGIONAL DA QUALIDADE

27 DE AGOSTO (segunda-feira) l 19h29min l FACENP

1. Perfomance com propósito: como inovar mantendo o propósito em uma empresa de 115 anos – Jonas Eduardo Rauch e Daniel José Hillebrand

2. Comprometa-se consigo mesmo! – Fabiano Feltrin

3. Workshop: liderança em foco – Adriana Motta

4. Código da alma - descubra a causa secreta das doenças – Patrícia Cândido

5. Profissionalização no futebol - Grêmio Foot-ball Porto Alegrense – Fabiano Soares Wurdig

 

28 DE AGOSTO (terça-feira) l 19h29min l FACENP

1. Casa DiPaolo: inovar para crescer – Paulo Geremia

2. Empreender na crise – Felipe Iung

3. Como está a construção da tua obra profissional? – Luciano Lima

4. Mentes abundantes: os segredos da prosperidade financeira – Fabio Carvalho

5. Vontade de fazer a diferença – Endinara Fabiana Siqueira

 

29 DE AGOSTO (quarta-feira) l 19h29min l Auditório do Centro de Eventos

Palestra "Transformação humana: a arte de lidar com pessoas"

com Frei Jaime Bettega

Compartilhe esta notícia:

NOTÍCIAS RELACIONADAS