A determinação do empreendedorismo jovem

31/05/2017

O empreendedorismo é um caminho promissor e muito interessante para os jovens - a possibilidade de ser o próprio chefe e começar um negócio único e apaixonante são um convite quase irrecusável. Mas é preciso estar preparado: os jovens empreendedores têm um longo caminho pela frente. É tão recompensador quando intenso, tão promissor quanto difícil.


Confira as lições inspiradoras dos associados da Cervejaria Edelbrau:

Como nasceu a empresa?
Eu (Fernando) e o Samuel realizamos um intercâmbio com o intuito de abrir um negócio ao retornar. Não sabíamos em que ramo e cogitamos vários negócios, mas vimos futuro no ramo cervejeiro, que, em 2011, estava apenas começando no Brasil. Já iniciamos o plano de negócios por lá, e quando  voltamos já fomos atrás de tudo (projeto arquitetônico, documentação, cervejeiro). Em maio começamos a construção e em novembro já abrimos a cervejaria. Foi tudo muito rápido, mas cada detalhe foi bem pensado.

Qual  era o objetivo inicial da empresa?
Imaginávamos a Edelbrau exatamente como é hoje, mas se alcançaríamos esse objetivo, em quanto tempo e de que forma, era uma incógnita. Ao longo dos anos revisamos várias vezes  nossos projetos, buscando adequar cada etapa à demanda do mercado.

Qual o diferencial da Edelbrau?

Acreditamos que o diferencial está nos detalhes: eles são imperceptíveis para muitos, demandam grande esforço de execução, mas fazem toda a diferença para uma empresa. O cliente que se atenta aos detalhes tem um poder de persuasão muito grande, sendo um bom propagador da marca.

Erros e acertos nesta trajetória?
Nosso maior acerto foi saber que, para alcançar grandes resultados, era necessário nos cercarmos de bons profissionais e estarmos sempre em busca de melhoria. Trouxemos conceituados cervejeiros brasileiros visando melhorar os processos e as cervejas, procuramos qualificação e hoje temos duas pessoas com formação de beer somelier e tecnologia cervejeira.
Mas também tivemos erros. Ter uma empresa é vivenciar situações novas a cada momento e isso implica em não conseguir acertar tudo. Quem não tenta não erra, mas também é preciso aprender com o erro para não repeti-lo novamente.


Qual a lição mais valiosa até agora?
Que empreender não é tão fácil como parece, vai além de muitos conceitos. Você vai se deparar com situações inesperadas e terá que resolvê-las, enfrentará burocracia e legislações que poderiam ser mais evoluídas, precisará, no começo, "ralar" muito mais que pensava... agora, é gratificante ver que o trabalho que você e sua equipe fazem, geram lembranças muito positivas aos clientes e que há esse reconhecimento por parte destes.

Entrevistado: Fernando Maldaner

Compartilhe esta notícia:

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Em breve